Celulite Causas Prevenção e Tratamento

Há muitas coisas que preocupam uma mulher esteticamente falando. Problemas capilares, rugas, estrias, manchas de pele, dentre tantos outros. Mas tem um em específico que assombra a vida e é o pesadelo estético de qualquer mulher A famosa celulite palavra pequena, quatro simples sílabas, mas que persegue as mulheres quase que a vida toda. Estima-se que cerca de 95% das mulheres terão celulite em algum momento da sua vida (ou a maior parte dela!)

Esse é um problema que atinge maioritariamente mulheres, não importa a etnia, não importa o tipo de corpo, não importa a altura. Esses dados deixariam qualquer um de cabelos em pé, você não acha? Pense como você se sentiria se tivesse que conviver com esses “furinhos” que nada de mal fazem à saúde, mas para a auto-estima feminina possa ser desastrosos.

As mulheres nascem e são criadas de forma que é incentivada a sempre ter o corpo perfeito, a pele lisinha e macia, no tom certo, corpo malhado, firme, quase que algo impecável. A realidade é que esse corpo padrão é quase que impossível de conseguir e manter. Os padrões de beleza são quase inatingíveis. Isso faz com que as mulheres levem tão a sério a celulite.

A celulite, nome pelo qual chamamos a lipodistrofia ginoide, é causada pela forma que a gordura e o tecido fibroso se organizam. Aos nossos olhos aparecem deixando a pele com aquela aparência de “casca de laranja”, com pequenos furinhos e ocorre normalmente na pele do bumbum, nuca, braços, mamas, parte inferior do abdominal e coxas.

A celulite normalmente é dividida em 4 classes, numeradas de um, as quatro, da mais branda para a mais severa.

Um fato interessante sobre o assunto é que a celulite resulta, na maioria das vezes (95%), de predisposição genética, e em 5% das vezes é causada por motivos hormonais. Há ainda os fatores de risco, que aumentam consideravelmente a chance da mulher ter ou agravar o quadro da celulite, tais como:

Excesso de peso
Sedentarismo
Ingestão de bebidas alcoólicas
Cigarro 

Importante ressaltar que a obesidade não é pré-requisito para a celulite mesmo as mulheres mais magras sofrem desse problema o aparecimento da celulite varia de mulher para mulher e aumenta com o passar dos anos. Porém, é possível fazer a prevenção ou pelo menos a diminuição dessa progressão. O tratamento da celulite é um tema controverso, pois, há vários métodos disponíveis no mercado, mas a eficácia da maioria é posta em xeque por especialistas. Mesmo intervenções cirúrgicas como a lipoaspiração têm a promessa da cura para a celulite.

O problema é que a lipoaspiração dá resultado temporariamente, mas as células adiposas remanescentes voltam a crescer e se reproduzir e, em muitos casos, acaba agravando ainda mais o quadro se comparado com antes da intervenção. Há também as famosas pomadas, que, em pouco temo de uso, prometem estar acabando com a celulite sem grandes esforços.

O que vemos, na prática, é que, na maioria dos casos, essas pomadas são ineficazes nos seus efeitos, porém, o Gel Redutor de Medidas Hinode vem fazendo um sucesso com as mulheres. Especialistas recomendam fórmulas menos milagrosas e mais naturais, como, por exemplo, a alteração de hábitos alimentares, fazer refeições mais saudáveis, beber bastante água e praticar exercícios continuamente como forma de atenuar os efeitos da celulite.

Compartilhar
Compartilhar
Compartilhar